Analise das bancas examinadoras – A tacada certeira – Parte 1/2

As bancas examinadoras hoje estão muito profissionais. Não existem mais bancas amadoras. É fundamental analisar cada banca antes de realizar um concurso.

Cada banca tem uma função própria e um jeito de desenvolver as provas de um concurso publico. A forma como vai ser realizada: A B C D, nenhuma está correta, certa ou errada… Cada banca tem uma peculiaridade.

É muito importante conhecer a banca da prova?
Sim , a banca determina como você vai se comportar na prova.
Não adianta brigar com sua banca examinadora. O que vale é se moldar a seu estilo.
Você só vai conseguir êxito através de feitura de exercícios anteriores .

Resolução de exercícios é extremamente importante para conhecer a sua banca examinadora.
Sempre focado no que a banca examinadora está pedindo. Só conhecemos ao posicionamento da banca através de provas anteriores .

Perfil das Bancas Examinadoras:

1- CESPE/UNB – Centro de seleção e de eventos da universidade de Brasilia:

# Ela é muito famosa , vários concursos são direcionados a essa banca;
# Tem como formatação principal: certo e errado;
# Uma errada anula uma certa e você perde duas questões ;
# Leia toda a prova e procure o erro dela.
# Tempo médio de preparação de 8 meses a 2 anos;
# Eventualmente pode ocorrer questões de múltipla escolha cuja a probabilidade de acerto no chute é de 20%. No entanto, nesse caso, o candidato não
é penalizado se chutar e erra uma das alternativas proposta, pois não existe fator de correção.
Mais do que memorização o importante é a capacidade de interpretação , entendimento e interdisciplina.

2- ESAF – Escola superior de administração fazendária :
# Formatação tradiconal: A B C D E;
# Estudar o edital;
# Candidato mediano;
# Tempo médio de preparação 3 a 5 anos;
# São muito parecidas as questões;
# Cobra português culto;

3- FCC Fundação Carlos Chagas:
#Formatação padrão A B C D E;
#Estrutura das questões extensas, questões que os concursando se perdem;
#Pule as duas primeiras são as mais longas;
# Nivel das questões cansativas;
# Tempo médio de preparação 8 meses a 2 anos.

No próximo post iremos tratar da FVG, Fundação UNIVERSA e FUNRIO…

    Gostou? Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *